É que eu me apaixono fácil

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Apaixonar-se

Não sei se nasci com um gene diferente, ou se foi algum defeito de fabricação, mas nasci com uma extrema facilidade para me apaixonar. Basta um sorriso ou um olho no olho de uma bela garota e pronto, já estou perdidamente apaixonado por ela, imaginando como será os nossos dois filhos e a casa em que iremos morar.

Gostaria de não ser o único, mas a cada dia que passa mais descubro que as outras pessoas são normais e não se apaixonam com tanta facilidade como eu. Elas precisam de mais sorrisos, de mais olhos nos olhos e de um monte de conversa e atitude para finalmente estar completamente apaixonadas por alguém. Eu não.

E é triste por que as garotas não se apaixonam por minha com essa tamanha facilidade, então acaba que fica apenas eu sendo o apaixonado dessa relação. Mas o que é que eu posso fazer, essa é minha estranha maneira de amar. O pior é que acabo sempre querendo descobrir tudo daquela pessoa, e quando descubro e sei tudo sobre ela, ela vem e me diz: mas a gente nem se conhece direito.

Sério, vocês não se apaixonam pelo menos umas duas vezes por dia? Como assim! Não? Então sou diferente mesmo, e tenho uma enorme facilidade para me apaixonar. Talvez seja uma grande mudança que tenha afetado meu jeito, é que no passado eu me apaixonava apenas por uma garota por ano, isso mesmo, uma única garota por ano. Mas agora, tudo mudou, eu nem ouso fazer as contas. Se eu me apaixonar por duas garotas por dia, retirando os finais de semana, chego a me apaixonar por cerca de 500 garotas por ano, é um número bem grande.

Acredito que talvez um dia essa situação mude, e eu volte a ser uma pessoa normal que não se apaixona por qualquer uma. Até lá vou tentando viver, sofrendo todos os dias por não ter as garotas que quero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.