As melhores cidades do mundo para estudar em 2015

Tempo de leitura: 2 minutos

Paris de cima

Paris lidera, pelo terceiro ano consecutivo, o ranking do instituto QS das melhores cidades do mundo para estudar (QS Best Student Cities). Melbourne (2o lugar) sobe três posições, enquanto Londres cai para o terceiro lugar.

O ranking, organizado pela equipe dos Rankings Mundiais de Universidades do instituto QS (QS World University Rankings) é baseado em cinco pilares fundamentais, que são então decompostos em critérios individuais: ranking de universidades, composição da população estudantil, qualidade de vida, atividades de empregadores e custo de vida.

Para ser incluída no ranking, cada cidade deve ter uma população de mais de 250.000 habitantes e deve abrigar pelo menos duas instituições classificadas nos Rankings Mundiais de Universidades do instituto QS. Desta vez, 116 cidades no mundo se qualificaram, com base nessa condição, e 50 foram classificadas.

Neste ano, o número de critérios aumentou de 14 para 18, adicionando métricas de segurança e poluição, bem como o “Índice de Percepção de Corrupção da Transparência Internacional” (Transparency International’s Corruption Perception Index) e o “Índice de Progresso Social” (Social Progress Index).

No mundo, 29 países estão representados, com a maioria das cidades nos EUA (8), depois na Austrália (6), Reino Unido (4), Canadá e Japão (com 3 cada uma).

A Europa teve 20 cidades classificadas, a América do Norte 12, a Ásia 9, a Oceania 7 e a América do Sul 2.

As 10 melhores cidades do mundo para estudar no ranking do QS são:

  1. Paris
  2. Melbourne
  3. Londres
  4. Sydney
  5. Hong Kong
  6. Boston
  7. Tóquio
  8. Montreal
  9. Toronto
  10. Seul

Fonte: ©QS Quacquarelli Symonds 2004-2014 http://www.TopUniversities.com

O chefe de pesquisa do instituto QS, Ben Sowter, diz: O ranking das melhores cidades para estudar do instituto QS fornece aos estudantes uma ferramenta complementar ao ranking focado nas universidades. Afinal, a experiência universitária é intrinsecamente influenciada pela localização, especialmente para estudantes internacionais”.

Estudantes de todo o mundo estão compartilhando opiniões e experiências sobre seus #QSBestCities.

Amanda Smith, dos Estados Unidos, diz: “Londres é um lugar incrível para ser estudante, porque lhe dá acesso a experiências e fontes de conhecimento surpreendentes. Além disso, é única em diversidade e tradição”.

“Montreal oferece uma mistura de idiomas, culturas e ideias. É impossível não ficar inspirado aqui. Para mim, uma grande cidade para estudar é aquela em que você aprende mais fora da sala de aula do que dentro dela. Sob esse aspecto, Montreal se comprovou a cidade perfeita para estudar”, afirma Michael M., do Reino Unido.

“Estudar em Tóquio está enriquecendo minha vida culturalmente e academicamente: é uma cidade muito criativa!”, diz Ming Li, da China.

*Um texto da PRNewswire.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.