Público do cinema quer produção de filmes mais imaginativos

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Diretora de filme

Uma pesquisa sobre a produção moderna de filmes revelou que 81 por cento da comunidade internacional do cinema acredita que o grande público está a fim, agora, de filmes mais imaginativos. Uma tendência que parece ser confirmada pelo surpreendente sucesso comercial, este ano, do filme “The Artist” (O Artista), indicado na pesquisa como o segundo filme mais imaginativo que os entrevistados já viram.

A pesquisa também revelou que dois terços dos entrevistados sentem que há uma escassez de roteiros originais chegando aos cinemas, com as grandes franquias de distribuição de filmes sendo favorecidas. E que 60 por cento dos entrevistados temem que a ênfase excessiva que se dá a novas tecnologias pode desviar a atenção da importância da imaginação para a produção de filmes, em geral.

Apesar disso, o filme em 3D “Hugo” (2011) apareceu em primeiro lugar, quando os entrevistados foram solicitados a nomear o filme mais imaginativo que já viram, seguido do ganhador do Oscar de 2012, o “The Artist”.

A gerente da Marca Global da Bombay Sapphire, Joanna Botwwod, disse: “A Bombay Sapphire encomendou essa pesquisa para desencadear o debate sobre a imaginação na indústria cinematográfica e destacar algumas dificuldades que cineastas emergentes estão enfrentando. Acreditamos que a imaginação é o ingrediente essencial em qualquer empreendimento criativo e, como tal, estamos trabalhando para entender como podemos dar apoio a indústria cinematográfica, que está se desenvolvendo”.

Na pesquisa do BOMBAY SAPPHIRE®, foram entrevistados mais de 3.000 membros da comunidade internacional do cinema, amostra composta por representantes do setor e entusiastas do cinema com a grandeza da imaginação na produção moderna de filmes.

*Pesquisa realizada através de bancos de dados internacionais das revistas Screen International e EMPIRE. Foram pesquisados 3.065 entre 23 e 27 de março de 2012.

*Um texto da PRNewswire.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.