Educação a distância custa em média R$ 4,87 por hora

Tempo de leitura: 1 minuto

EaD

Estudantes afastados de grandes centros, com necessidade de horários flexíveis ou que buscam preços mais acessíveis impulsionam o crescimento do ensino remoto no Brasil. A 1ª Pesquisa Guia EaD sobre Educação a Distância, com 18.183 cursos oferecidos por 297 entidades, faz um Raio-X do segmento ao analisar estatísticas sobre o perfil e custos de Março de 2013.

Em termos de custos, a pesquisa identificou um valor médio de R$ 4,87 por hora-aula. Por detrás da estatística, existe grande variação de preços. Muitos estabelecimentos oferecem módulos gratuitos de curta duração para acelerar a adesão ao método. Por outro lado, temas específicos, como Legislação Previdenciária ou E-commerce, podem superar R$ 100 por hora-aula.

Na amostra analisada, os cursos na área de Humanas correspondiam a 95% do total, enquanto que Biológicas e Exatas tinham o peso de 2,5% cada. O indicador mostra a barreira da distância, quando existe necessidade por aulas em laboratórios e maior interação com o docente.

A análise do nível de ensino mostra que os pré-vestibulares detinham 89,7% da oferta, seguidos por pós-graduação (6,0%), livres (2,5%), graduação (1,1%), mestrado (0,4%) e outros (0,3%).

Para os currículos em que cabe a exigência, a maioria apresenta reconhecimento do MEC, com exceção do mestrado. O índice de aprovação pelo governo é de 59% na graduação, 71% na pós-graduação e de 48% no mestrado. Tal indicador é relevante, pois demonstra a maturidade do setor. A pesquisa não encontrou correlação entre custo e certificação pelo MEC.

*Um texto da PR Newswire.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.