Comédias românticas estragam a sua vida

Tempo de leitura: 1 minuto

Cena do filme Notting Hill

Pesquisadores da Universidade de Heriot-Watt, na Escócia, constataram (em um trabalho bem divertido) que assistir a comédias românticas deixa a gente com expectativas irreais – e potencialmente perigosas – quantos aos relacionamentos da vida real.

Analisando 40 sucessos do gênero (como “Enquanto Você Dormia”, com o casalzinho Sandra Bullock e Bill Pullman, e “Mensagem para Você”, com Meg Ryan e Tom Hanks), eles isolaram alguns dos elementos mais perigosos das histórias: os conceitos de que casais se apaixonam instantaneamente; que, no final, o destino sempre une as pessoas que se amam; e que há apenas um par perfeito para cada um. Além disso, nos filmes as traições e mancadas são superadas com muito mais facilidade do que na vida real.

Identificado o inimigo, os especialistas colocaram cerca de 100 voluntários para assistir a “Escrito nas Estrelas” – aquele filme fofinho com John Cusack e Kate Beckinsale. Outros 100, enquanto isso, assistiam a um drama de David Lynch.

Em um questionário feito após a sessão, quem viu a comédia romântica demonstrou convicções muito mais fortes nos conceitos românticos, como destino, do que os outros. Inocentes. “Se você acha que é assim que as coisas funcionam, pode se preparar para uma decepção“, aconselha o líder do estudo, Bjarne Holmes.

Todos os direitos reservados a Super Interessante.

5 Comentários


  1. É por essas e outras que eu não assisto a comédias românticas.

    Responder

  2. é a mesma coisa que dizer que não se deve ver harry potter pois vai se decepcionar ao saber que não é um bruxo. '-'

    Fala sério né… se fosse assim não poderiamos ver/ler nenhum filme/livro. Criar expectativas reais em cima de uma historia ficticia é meio…idiota.

    Lariane.

    Responder

  3. Concordo plenamente, a vida é bem diferente do que vemos em filmes e novelas. A mocinha se encontra com o mocinho e vivem felizes para sempre. A vida é feita de muitas decepções, às vezes amamos sem sermos amados. É muito bom que tenhamos muita cautela ao criar uma expectativa em relação a uma situação ou a uma pessoa. Sem falar que em filmes as pessoas são sempre lindas, e a maioria da população é de comum pra feia.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *