Osama bin Laden está morto

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Osama bin Laden

Osama bin Laden um dos maiores terroristas do mundo, líder da rede terrorista al-Qaeda, responsável pelos ataques de 11 de setembro de 2001 nos EUA, que mataram cerca de 3.000 pessoas, e por muitos outros ataques está morto. O presidente Norte Americano, Barack confirmou a morte do terrorista em pronunciamento na TV na madrugada desta segunda-feira (2). Obama disse que a morte foi consequência de uma ação de inteligência do Exército norte-americano em parceria com o governo do Paquistão, que localizou o terrorista durante a semana passada.

Leon Panetta, diretor da CIA, disse que a al-Qaeda não está morta, e que certamente o grupo deverá vingar a morte do seu líder. A operação sigilosa foi feita na noite de domingo (horário de Brasília) por um comando especializado da Marinha dos EUA. Um pequeno grupo de soldados conseguiu matar Bin Laden em sua fortaleza na cidade de Abbotabad, próximo a Islamabad, capital paquistanesa.

Fonte seguras do governo confirmaram que o corpo foi sepultado no mar, conforme o costume islâmico. Mas isso também foi feito porque nenhum país queria o terrorista sepultado em suas terras, além do que a sua sepultura viraria um templo para peregrinação de seus seguidores. A operação já estava sendo planejada desde agosto do ano passado, depois que os americanos conseguiram uma pista segura do paradeiro de Bin Laden. Obama afirmou ter autorizado a execução na sexta-feira.

A comemoração foi imensa, principalmente nos EUA, país que mais sofreu com os atentados dele. Bin Laden já era procurado pelos EUA há pelo menos dez anos, pois era considerado o mentor dos atentados de 11 de Setembro de 2001, que derrubaram as Torres Gêmeas em Nova York, atingiram o Pentágono e deixaram cerca de 3.000 mortos.

A OTAN disse que era necessário ter muita cautela agora, pois muitos seguidores de Bin Laden deveriam tentar fazer algum atentado para vingar a morte de seu líder. Vários comandos táticos disseram que por causa disso iriam intensificar as suas forças, para que nenhum novo atentado por causa disso acontecesse.

E eu pensando que Bin Laden estava no Brasil.

Fonte: G1

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.