Alemanha passa a reconhecer o terceiro sexo

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Terceiro gênero

O terceiro sexo, ou terceiro gênero, é o nome que se dá às pessoas que não são considerados nem homens nem mulheres. Alguns acreditam que esse gênero pertença aos homossexuais. Outros defendem que ele pertence às pessoas que nascem sem um sexo definido, os chamados hermafroditas. E para esses o governo alemão surpreendeu.

Os dados na Europa estimam que uma em cada 5 mil crianças nasce sem um sexo definido, e a medida polêmica afirma que a partir de novembro, será possível registrar na Alemanha um bebê com sexo indefinido.

A medida muda tudo o que era feito até agora, pois em casos onde a criança nascia com dois sexos, os pais eram obrigados a decidir, preenchendo a opção “masculino” ou “feminino”. A partir de agora será possível marcar a opção “indefinido”, e a pessoa poderá, no futuro, decidir que opção escolher, ou mesmo ficar registrada para sempre como indefinido.

A Alemanha é o primeiro país da Europa a tomar a medida, e afirma logo que é preciso uma grande reforma mundial nesse quesito, já que com o terceiro sexo algumas barreiras aparecem, como por exemplo, um passaporte ou qualquer outro documento internacional. Alguns juristas defendem a utilização da letra X, do lado dos habituais M e F.

Essa mudança passa a abrir os olhos de diversas nações para o fato, e por ser uma medida nova e totalmente revolucionária em um grande país, é possível que muitos outros territórios adotem a mudança. Um dos países que já aceitou a ideia é a Austrália, que adotou a medida recentemente.

Fonte: Hypeness

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *