Representações animadas de um país chamado Brasil

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

“Brasil! Meu Brasil Brasileiro” dizia João Gilberto em Aquarela do Brasil. Uma exaltação a esse nosso país, que se configura por diversas maravilhas naturais em contraste com algumas outras coisitas que nos incomodam bastante.

O Brasil já foi representado de diferentes formas, e em nosso momento não é diferente, um mascote acabou de sair do forno:

Tatu Copa 2014

Este tatuzinho segundo alguns é a cara do Brasil, entretanto as opiniões divergem, outros defendem a ideia de que esse tal animalzinho não representa o Brasil. Mas ele apresenta as cores do Brasil, isso não deveria bastar?

tatu-bola é uma espécie típica do cerrado e da caatinga brasileira e está ameaçada de extinção, existe todo um sentido ecológico ligado a construção deste mascote, e você caro leitor, ainda tem a opção de ajudar a escolher os nomes: Amijubi, uma junção entre as palavras “amizade” e “júbilo”; Fuleco, que reúne “futebol” e “ecologia”; e Zuzeco, mistura entre “azul” e “ecologia”.

Tratando-se de representações do Brasil, separei três outras um tanto quanto curiosas. Personagens construídos de acordo com o entendimento do que é o Brasil.

Zé Carioca

1. Zé Carioca – É o papagaio criado pelos estúdios Walt Disney para representar o Brasil. Este personagem exala malandragem e apresenta uma habilidade musical característica do samba. Ele foi construído no começo da década de 40 e sua criação estava ligada ao esforço dos Estados unidos para reunir aliados durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), essa prática ficou conhecida como “Política da Boa vizinhança“.

Blanka

2. Blanka – Os aficionados por games, e jogadores da década de 90 vão lembrar deste personagem. O Blanka é o “presente” da Capcom para o Brasil, é como “eles” entendiam o Brasil. O cenário do Blanka no game é extremamente estereotipado com uma cobra enorme enrolada numa árvore, e o personagem aparenta ser uma besta-fera que dá choques em seus inimigos. O que será que eles queriam dizer? Acho que eu não percebi a mensagem. Apesar de sua história estar relacionada a uma queda de avião em nosso país quando ele ainda era pequeno, a presença desse personagem como “brasileiro” e a associação a selvageria não agradaram muito.

Arion

3. Arion – Esse mascote foi desenvolvido para representar o Brasil e o exército na 5º edição dos Jogos Mundiais Militares do CISM (2011), foi a primeira vez que este tipo de evento aconteceu em um país do continente americano. O mascote apresenta o poder e a onipotência do exército brasileiro, envolvido numa mistura de super saiyajin e megaman. O personagem foi construído por Mauricio de Souza, entretanto, não ficou muito conhecido, sua aparição aparentemente não atingiu a grande mídia, restringindo-se ao público militar, não obtendo um grande reconhecimento do público “civil”.

Existem diversas outras representações do Brasil, em desenhos, HQs e games, neste artigo apresentei apenas algumas. O objetivo é pensar sobre a caracterização dos personagens, e se realmente eles “se dizem” brasileiros. Dentro desta perspectiva, qual destes representa melhor o Brasil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *