O que aconteceu com o humor?

Tempo de leitura: 2 minutos

Palhaço triste

A prática de fazer rir é um ritual muito antigo. Durante toda a história da humanidade o homem tentou reinventar essa tradição considerada simples por alguns. Os adeptos e praticantes do teatro costumam dizer que fazer chorar é muito mais fácil que rir, pois a construção de uma cena dramática com uma boa trilha sonora induz às pessoas a emoção. Entretanto, o humor tem o que alguns chamam de “time”. Um tempo específico entre a ação (pode ser uma piada, ou uma pessoa caindo) e a resposta provocada por quem assiste ou escuta.

O que pode ser considerado humor nos dias de hoje? Deixe-me alterar o questionamento:

O que você acha engraçado?

Quer dizer, o que faz você rir?

Posso realmente estar equivocado, mas tenho a impressão que a mídia está perdendo o tato. Alguns costumam dizer: Agora o humor está na internet, mas ao observar atentamente percebo que alguns vídeos que costumo receber não tem “tanta graça assim”. De repente me tornei cético. Ou velho demais para compreender uma piada, mas e você?

Quando se senta em frente à TV e assiste a um programa consegue gargalhar? Não estou falando dos filmes, séries e desenhos animados, digamos que esses ainda conseguem nos livrar desta realidade sem graça. Mas e aqueles programas que frequentam a programação de TV a algum tempo e nos dão a seguinte impressão: Por que esse programa ainda está no ar? Talvez o problema seja dos roteiristas né? Se estes escrevessem textos mais engraçados, os atores interpretariam melhor. Ou quem sabe a culpa é do “politicamente correto”. Será que o verdadeiro humor fugiu? E nos deixou aqui com a “zorra”, a “praça” e em “pânico”.

Sinceramente, tenho poucas esperanças. Espero que você tenha bom humor, pois se formos esperar para alguém nos fazer rir, nos tornaremos ranzinzas. Queria muito que esse fosse um texto engraçado, mas estou sem referências. Os bons humoristas que conhecia partiram sem deixar risadas.

Dizem por aí que há uma nova “galera” que faz rir. Por favor, me apresentem a eles. Assim poderei rir bastante antes de me juntar aos grandes humoristas que conheci.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.