Então é Natal!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Papai Noel e sua Rena

Finalmente chegamos ao Natal, nessa época em que as pessoas se reúnem para juntos comemorarem, é claro que tem alguns que só estão interessados na comida, e claro, não é o meu caso, mas esse é um momento de celebrar, pois hoje vamos comemorar o nascimento de Jesus apesar dele ter nascido só dia 25, mas isso não importa, e como sempre nessas épocas, eu gosto de falar um pouco da historia da festa, por isso, vamos lá.

Árvore de Natal e Boneco de Neve

O Natal é um feriado comemorado anualmente em 25 de Dezembro, mas no dia 24, a noite, as pessoas comemoram fazendo a Ceia, para comemorar o nascimento de Jesus de Nazaré. A data do Natal não é conhecida como o aniversário real de Jesus e pode ter sido inicialmente escolhida para corresponder com qualquer festival histórico Romano ou com o solstício de inverno no hemisfério norte, segundo alguns historiadores o verdadeiro aniversário de Jesus poderia ser no dia 25/10 devido ao acréscimo de 2 meses pelos imperadores romanos Júlio César e Caio Otávio.

Renas do Papai Noel e Bonecos de Neve

Embora seja um feriado cristão, o Natal é amplamente comemorado por muitos não-cristãos, sendo que alguns de seus costumes populares e temas comemorativos têm origens pré-cristãs ou seculares. Os costumes típicos do Natal são: a troca de presentes e cartões, a Ceia de Natal, músicas natalinas, festas de igreja, uma refeição especial (o famoso almoço do dia de Natal) e a exibição de decorações diferentes; incluindo as árvores de Natal, pisca-piscas e presépios. Além disso, o Papai Noel é uma figura mitológica popular em muitos países, associada com os presentes para crianças, falar nisso eu quero saber o que eu vou ganhar de presente, afinal, eu fui um bom menino esse ano.

Com a troca de presentes e muitos outros aspectos da festa de Natal ocorre um aumento na atividade econômica, por isso a festa tornou-se um acontecimento significativo e um período chave de vendas para os varejistas e para as empresas. O impacto econômico do Natal é um fator que tem crescido de forma constante ao longo dos últimos séculos em muitas regiões do mundo.

Então agora só me resta desejar um Feliz Natal para todos, e que o seu Natal seja muito alegre e tenha muita comida.

Fonte: Wikipédia, Conhecimentos próprios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *