Mendigo americano vira milionário

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Max Melitzer

Um americano de 60 anos era apenas um mendigo. Mas no sábado (18) ele descobriu que estava milionário. Pois o seu irmão, que havia morrido de câncer no ano passado, deixou uma quantia significativa de dinheiro. Max Melitzer catava materiais recicláveis pelas ruas de Salt Lake City, nos Estados Unidos.

Agora Max não precisará mais viver nas ruas ou abandonado em abrigos. Pois o dinheiro vai ajudar ele a refazer a sua vida. Poderá comprar uma casa, boas roupas, comida e ter um plano de saúde. Quem deu essa ótima notícia a Melitzer foi o detetive particular David Lundberg, que foi contratado por um escritório de advocacia para achá-lo.

Melitzer já é morador de rua há vários anos e, se comunicava com os parentes através de cartas. De acordo com Lundberg, Melitzer recebeu a notícia que ia mudar a sua vida quando estava sentado em um banco de um parque de Salt Lake City.

“Ele está chocado. Para ele, isso veio do nada. Melitzer é um sujeito alegre e doce, com cerca de 60 anos de idade. Ele é mais articulado do que eu pensei para um homem na sua posição”, contou Lundberg.

O sortudo foi levado para um local não revelado em Salt Lake City e não quer falar com a imprensa. Lundberg pretende fazer nas próximas semanas a reunião do herdeiro com a família. Certamente terão vários parentes que não gostarão de Max ter levado a maior parte da quantia.

Fonte: Uol

3 Comentários


  1. Eu queria ter um irmão desse. Mas não entendi porque o irmão não o ajudou antes, se ele era rico.

    Responder

    1. simplesmente porque americanos e ingleses nao se importam com familia, cada um vive do jeito k quiser, eles nem visitas fazem uns aos outros, ficam jogados cada um por si, povo esquisito, estou em londres e fico impresionada com a falta de sentimento desse povo

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.