Estou solteiro e estou sozinho

Tempo de leitura: 1 minuto

Solteiro e sozinho

Não sei, sei lá, mas parece que a gente tem uma necessidade de mostrar que estamos melhor que os outros, que nós somos superiores as outras pessoas, que a nossa vida é perfeita e que nossa casa é feita de chocolate e decorada com jujuba.

Não somos, e nunca seremos perfeitos, precisamos admitir isso. Iremos falhar, errar, o ser humano é assim, e não precisamos achar que somos o último biscoito do pacote. E por que falo isso? Porque é uma coisa comum com pessoas que acabaram um relacionamento recente, dizer que estão solteiros sim, mas sozinhos nunca.

E então eu pergunto pra quê? Por que eu preciso ficar afirmando que apesar de não estar em um relacionamento, estou-me divertindo com outras pessoas, beijando diferentes bocas regularmente. Qual a necessidade disso? Será mesmo que precisamos afirmar com toda nossa voz que não sentimos falta de ter alguém especial ao nosso lado, que tente nos compreender, e que mesmo com suas imperfeições nos faça sorrir.

Qual o problema de sentirmos sós? Nós estamos todos sozinhos nesse mundo, a espera de encontrar alguém que queira ser sozinho conosco. Não seria tentar colocar uma armadura de gladiador, ao dizer que não está sozinho? Não seria tentar se proteger de se relacionar novamente?

Sim, é óbvio que devemos ter cuidado com quem escolhemos para ser nosso parceiro, mas a única forma de achar um é estar aberto. Ou encontrar alguém tão disposto, que suporte ficar tanto tempo tentando retirar esse escudo que só machuca. Prefiro ir pra batalha sem escudo, somente com uma espada e uma roupa confortável. Porque nesse jogo, por mais que muitos se machuquem, sempre é possível se levantar e começar de novo.

Estou solteiro sim, e também estou sozinho, em busca de uma garota que queira ser sozinha comigo, e não há problema algum nisso.

3 Comentários


  1. Maneiro cara! Bem isso que penso agora que estou na mesma situação. Não vejo problema em estar sozinho, aliás, tem certas coisas que estou gostando muito de fazer. Não é ser forever alone, é valorizar o seu eu primeiro para depois valorizar a companhia de alguém. Vejo um monte de pessoa afirmando isso porque não conseguem se sentir sozinha…E são essas que mais ferem as outras. Parabéns!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *