Frases não tão filosóficas #18

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Gato fofinho

Não tem nada de engraçado nesse gatinho, mas ele é tão fofinho que tive que o colocar aqui. Até porque hoje tenho uma notícia triste, esse talvez seja o último Frases não tão filosóficas. Não, nós não vamos acabar, mas mataram minha criatividade com relação a essa série (vulgo, não sei mais onde procurar). Mas vamos lá.

Cortei minha barriga, passei merthiolate e fiquei com o abdômen sarado.

Ironia é mulher dizer que não pode ir pra praia de nudismo porque não tem a roupa certa.

A linha tênue que divide a temperatura do chuveiro entre frio glacial e queimadura de 3º grau.

O amor é feito um pirulito: começa no doce e termina no palito.

Nem tudo são vantagens no mundo dos ricos. Desde que comprei meu primeiro jatinho, nunca mais ganhei milhas.

A vida é aquilo que passa enquanto você mexe no celular.

Tem gente que é paciente. Eu prefiro ser doutor.

Converso sozinho, porque gosto de falar com gente bonita.

Vou escrever algo profundo: Subsolo.

Em tempos de WhatsApp, ligar virou prova de amor.

Coisas sem noção: um alcoólatra criticar quem é viciado em computador.

Boi amarrado também pasta.

Se arrependimento matasse, até o gato estaria morto.

Quando eu mais preciso do meu amigo invisível, ele some!

Um é pouco, dois é bom, e três é ímpar.

O que os olhos não veem, o Facebook notifica.

Depois da tempestade vem o Wolverine.

“Eduardo abriu os olhos, mas não quis se levantar”. Eduardo, eu te entendo.

A vida é curta demais para esperar três minutos por um miojo que não te alimenta.

3 Comentários


  1. Não é boatos, o cara escreve bem. Conheço outros loucos mais você me surpreendeu.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.