Ame quem te ama, pois o amor vai te encontrar

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ame quem te ama

Sei que você já amou, também já amei, e consequentemente assim como você também já sofri. Sempre ouvi aquela história de “ame quem ama você”, e sempre, sempre mesmo, achei isso a maior bobeira que alguém poderia dizer. Pois, se eu amar quem me ama, é óbvio que uma das pessoas será a primeira a se apaixonar, consequentemente ela terá a pessoa que deseja. Qual o problema nisso? Se alguém pode ter quem deseja, porque esse alguém não pode ser eu?

Qualé vida! Por que não posso ter a garota dos meus sonhos? Por que ela tem que se tornar o sonho realizado de outra pessoa que não o meu? Ah, essa droga de vida. Por anos pensei dessa forma, assim como também não gostava daquela “o amor vai te encontrar”. Por que cargas d’água alguém é que vai me encontrar, e por que eu mesmo não posso encontrar essa pessoa. Por que é que “ela” tem que me escolher, e não o contrário.

Foi assim que pensei por longos anos, até agora. Sim, o mundo muda, a gente muda, e tudo o que a gente pensa pode ser alterado de um dia para o outro. Aliás, preciso agradecer a Marcella por me fazer enxergar isso, se você não sabe quem ela é, deveria ler meu livro e descobrir quem é essa garota que me fez finalmente entender o que significa “o amor encontra você”.

Primeiro precisamos diferenciar, o “amor” não é uma pessoa, ele é o sentimento. Pessoa é pessoa, seja ela do gênero que for. Quando a Marcella me disse que “um amor iria me encontrar”, a primeira coisa que me veio foi: e se ele me encontrar e eu o deixar escapar? Afinal foi assim que aconteceu com a gente, eu e a Marcella. Ela respondeu só com essa carinha: :/

Mas depois, pensando um pouco pude perceber o que todo mundo tentou me dizer, e que talvez nem eles entendam isso. É que sim, o amor vai te encontrar. Sim, o sentimento em algum momento da sua vida vai te dizer “ei, eu sou o amor, e eu estou aqui”. A questão é, o sentimento vai te encontrar, a pessoa que vai te despertar isso não. Você ainda vai precisar sair na rua, ir a bares, conhecer novas pessoas, flertar com elas, beijar bocas que te desejam, distribuir abraços e tudo mais.

O “amor” como sentimento ainda vai te encontrar, talvez você conheça uma garota legal e depois de um tempo juntos você percebe que a ama. Talvez isso não aconteça, e você precise procurar outras bocas.

Vai, você precisa arriscar, o amor vai te encontrar sim, mas ele só vai te encontrar se você não desistir de procurar a pessoa que pode te despertar isso.

E sobre “amar quem te ama”, é que você só deve se entregar a um sentimento quando a outra pessoa também gostar de você, nem que seja só um pouquinho. No final das contas você vai perceber que “amar quem te ama” é amar alguém que também te ama (o que significa que você também a ama), e que não é o mesmo de “namorar quem te ama”. Entendeu?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.