Sobre garotas que não vão embora e não te deixam ir

Tempo de leitura: 4 minutos

Casal

Quero te contar uma história. Antes de mais nada preciso me apresentar, para quem não sabe sou o Gabriel, sou um ex-tímido e acabo me apaixonando todos os dias. Basta um sorriso ou um olho no olho e pronto, estou apaixonado. O resto vocês podem descobrir no meu livro, gosto de ser um mistério que todos podem desvendar.

Falando em mistérios conheci uma garota. Ela é uma baixinha morena e linda, dos olhos cor de mel e que desperta algo bom em mim. Estudamos juntos na mesma escola quando éramos pequenos. Ela acredita que foi só coincidência ter começado a falar com ela, coisa do destino. Só que não! Reparo secretamente nela desde o ano retrasado, olhando sempre pra ela no meio da rua. Não que já estivesse apaixonado, mas sempre achei ela uma garota legal. De fato nunca acreditei que um dia a conheceria, mas um dia resolvi tentar, chamei ela no Facebook usando minhas técnicas e pronto, começamos a nos conhecer.

Chamei ela pra sair, mas por questões de incompatibilidade de horários não deu. Fui levando, na esperança de que nas férias a gente pudesse finalmente sair. As tão sonhadas férias chegaram, chamei ela pra tomar um sorvete. Sabe o que aconteceu? Ela disse que não poderia, é que já tinha outro a ocupar o espaço que eu desejava. Não era o amor da vida dela, não era um cara sensacional, mas era e é alguém que ela gosta e que gosta dela. Como diria Maysa: meu mundo caiu!.

Nessa hora eu deveria ter ido embora, esquecido, deixado pra trás, mas sou bobo, disse que não iria desistir dela, sei que esse cara não a faria tão feliz como posso, e pedi pra ela desistir dele por mim. Mas ela só me respondia: não dá, desculpa. Eu sei, eu sei caramba, eu deveria ter ido embora. Entretanto ela é uma garota que vale a pena, e não desisto fácil de garotas que valem a pena. Conversei mais com ela, na esperança que ela mudasse de ideia. Ela então disse que estava se surpreendendo comigo, mas que não dava, e pediu para sermos apenas amigos. Acabei aceitando depois que uma coisa aconteceu (não conto o que porque talvez ela leia esse texto).

No fundo tenho esperanças que um dia ela mude de ideia, na verdade sei que ela não está totalmente segura com ele, é que ela conta uma história de meio comprometida e deixa claro que não sabe se é isso que quer. De fato sei que a história deles não será para sempre, gosto de dizer que o amor é feito os alimentos, todos tem prazo de validade, alguns são curtos, outros tem prazo indeterminado. Só que não sou o tipo de cara que espera, talvez eles passem meses se relacionando e não sei se consigo aguardar, mas já esperei quase dois anos pra falar com ela e desde Outubro de 2014 espero uma oportunidade para ocupar a vaga.

Não quero que ela vá embora, e também não quero ir, mas ela deveria me mandar embora, me esquecer, e não adianta ela me perguntar se é isso que eu quero, porque não é. Não quero realmente que ela vá, mas ela ir era o jeito mais fácil, ou me deixar ir e esquecer essa amizade que só me machuca toda vez que os dois tracinhos do WhatsApp ficam azuis.

É triste saber que a garota que você quer está tendo os lábios beijados por outra pessoa, sendo abraçada e esquentada por outro corpo que não o seu. Só de pensar que isso pode estar acontecendo enquanto escrevo esse texto, já me dá um nó na garganta. É ainda mais triste quando você sabe que ela é uma garota sensacional e que merecia muito mais do que um cara que não se deixa ser 100% dela.

Acho que vocês já perceberam como é complicado, de verdade eu tinha um monte de outras coisas pra falar para ela, mesmo sabendo que por mais que eu tente NADA vai fazer ela mudar de ideia. Sei que no futuro ela vai olhar para trás e perceber que perdeu um cara incrível, que podia em cinco minutos de conversa pessoalmente roubar seu coração e fazer ela a garota mais feliz do mundo. E não é prepotência, é conhecer a si mesmo. Mas qualquer outra coisa que tenha pra falar, vou deixar pra dizer olhando nos olhos dela, quando ela puder finalmente me dar esse oportunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.