O sonho acabou, a garota que quero foi embora

Tempo de leitura: 2 minutos

Garota indiferente

Ela partiu, acabou, a garota que quero me deixou para trás. Ela foi embora sem que pudéssemos ter nos despedidos, sem que tivéssemos dado outro abraço. Ela foi embora e me deixou aqui, sofrendo, e desejando que um dia essa dor passe. Ela foi embora sem ao menos dizer adeus, ela se foi.

Não foi a garota por quem desejei-me apaixonar, simplesmente aconteceu. Numa manhã de algum dia de semana eu a encontrei, e pensei que eu havia-me achado. Sua beleza era difícil de explicar, não tinha rosa nem buquê que se comparasse a ela, mas todo mundo concordava: ela era linda. Linda não, gata, porque linda trás algo doce por trás, e você tinha uma bela pitada de sal.

É que um senhor chamado destino me ensinou que nada é por acaso, nem mesmo o acaso. Tudo acontece por algum motivo, tudo acontece por um par de brincos de argola, opa, não foi isso que ele me disse, mas foi isso que meu coração ordenou para meu cérebro, escrever sobre o brinco e sobre ela. Ela, a garota com quem mais cheguei perto de ter um relacionamento, a primeira estranha que eu era apaixonado e que consegui conversar. A última garota da minha fase anterior.

Hoje sou alguém novo, aprendi coisas novas, fiz coisas novas. Hoje sou outro alguém, mas ela continua aqui, no meio do peito, sob o osso esterno, ligeiramente deslocado para a esquerda, do lado esquerdo do tórax.

Prometi para mim mesmo que ela faria parte do meu passado, que seria apenas uma lembrança, mas tá difícil, tá difícil esquecer, superar. Será que serão necessários cinco anos para esquecê-la, como aconteceu com uma outra garota que me fez perder as estribeiras. Espero que não, espero que tudo acabe quando o sol nascer. Espero que tudo se vá como num passe de mágica, como aquele truque do Houdini.

Mas você decidiu partir, não da cidade, não do país, e não do mundo. Você foi embora do meu coração, sem nem ao menos me explicar o que aconteceu. Deixou-me aqui sem entender nada, você se foi. Partiu, mesmo que eu tenha a visto ontem a noite, e nem disse tchau. Só esqueceu de perceber que ainda penso em você, e não quero aceitar que você não me quer, por isso não vá, porque sem você, tá difícil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.