Entre feministas e igualitários

Tempo de leitura: 2 minutos

Femen

Existe por aí uma corrente denominada feminismo, que prega a igualdade das mulheres e dos homens, ao menos é o que dizem apoiar. Mas na realidade as coisas são bem diferentes, muitas mulheres que apoiam essa corrente dizem que a mulher deve ser superior aos homens, que mulher deve ser livre para fazer o que quiser, e ainda assim ganhar o mesmo que o homem.

Tem gente que vai dizer que estou errado, que o feminismo é mesmo uma corrente pela igualdade da mulher na sociedade, e que essas mulheres que querem ser mais que os homens estão deturpando o conceito do feminismo. E é ai que me pergunto por quê? Por que criar uma corrente, uma suposta forma de pensar, quando ela já existia há anos? Uma coisa que a Revolução Francesa já defendia.

Chama-se igualdade, que segundo a Wikipédia é “a inexistência de desvios ou incongruências sob determinado ponto de vista, entre dois ou mais elementos comparados, sejam objetos, indivíduos, ideias, conceitos ou quaisquer coisas que permitam que seja feita uma comparação”.

E então me pergunto, para que criar um conceito novo, quando o que elas queriam já existia. Elas não queriam igualdade entre gêneros? Então por que não lutam pela igualdade, seja entre homem x mulher, rico x pobre, feio x bonito, hetero x homo? Por quê? Responda-me, quero saber. Qual a necessidade de criar uma coisa chamada feminismo, que parece ser o contrário do machismo, que não é ruim se for moderado.

Você não irá conseguir achar uma resposta, e se achar ela poderá ser adaptada para igualdade. Não existe essa de para ter um nome mais forte, que foque na mulher. Vejam os José: Wilker, de Abreu, Saramago, o nome José não os impediu de ser alguém. Nome só serve para marcas e marcar, e a marca igualdade já existe há anos, e tem poder sobre muitos.

Feminismo é só um conceito novo de alguém que quer se diferenciar. Por isso vou continuar lutando para mulheres terem salário igual ao dos homens, mesmo que elas tenham a tal da licença maternidade, mas não vou lutar por esse conceito, para mim é igualdade entre gêneros e ponto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *