Descubra as melhores universidades do mundo em 2013

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

MIT

No ano passado divulgamos uma lista com as melhores universidades do mundo para se estudar. Esse ano foi realizado uma nova pesquisa, e que não alterou muito os resultados.

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) superou as universidades de Harvard e Cambridge mais uma vez, ao se classificar novamente em primeiro lugar na décima edição anual do Ranking Mundial de Universidades da QS (Quacquarelli Symonds).

Os EUA têm 11 universidades entre as 20 melhores classificadas, mas seu domínio vem caindo desde a crise financeira. Das 83 universidades entre as 400 melhores, 64 se classificaram em posições mais baixas do que em 2007/8.

As 43 universidades públicas dos EUA posicionadas entre as 400 melhores perderam, em média, 20 lugares desde 2007/8, em consequência de sucessivos cortes orçamentários pelo governo.

Em contraste, 70% das 62 instituições asiáticas entre as 400 melhores, se classificaram em posições mais altas do que em 2007. Mas ainda não há qualquer instituição asiática entre as 20 melhores.

Destaques mundiais:

  • A admissão de estudantes internacionais subiu 9% nas 100 melhores universidades;
  • Os EUA ocupam os 10 primeiros lugares em citações de pesquisa;
  • O número de respostas na pesquisa foi recorde: 62.094 professores e 27.957 empregados;
  • Mais de 800 universidades foram avaliadas para o ranking.

Destaques regionais:

  • Reino Unido: Quatro instituições se posicionam entre as 10 melhores; Oxford e Cambridge ficam em 1º e 2º por boa reputação como empregadoras;
  • Austrália: A Melbourne (31º) se aproxima da ANU (27º);
  • Ásia: A Universidade Nacional de Cingapura (24º) supera a Universidade de Hong Kong (26º);
  • Canadá: A Universidade de Toronto (17º) supera a McGill (21º);
  • Europa Continental: A ETH Zurich (12º) e a EPFL Lausanne (19º=) lidera, e nove entre as 10 melhores da região mantêm ou melhoram suas posições;
  • Países Nórdicos: A Universidade de Copenhagen (45º) lidera, e 20 sobem de posição;
  • América Latina: Universidade de São Paulo (127º) lidera, nove entre as 10 melhores da região sobem;
  • África/Oriente Médio: 33 entre as 800 melhores, lideradas pela Universidade King Fahd (216º)

As dez melhores do mundo em 2013.

1- Instituto de Tecnologia de Massachusetts – EUA
2- Universidade de Harvard – EUA
3- Universidade de Cambridge – GB
4- Universidade do College de Londres – GB
5- Faculdade Imperial de Londres – GB
6- Universidade de Oxford – GB
7- Universidade de Stanford – EUA
8- Universidade de Yale – EUA
9- Universidade de Chicago – EUA
10= – Instituto de Tecnologia da Califórnia – EUA
10= – Universidade de Princeton – EUA

Os pesquisadores informam que as medidas de austeridade, no início da recessão, contribuíram para uma “crise de dificuldades financeiras” para estudantes das principais instituições. Os custos educacionais para os alunos de graduação das 10 melhores universidades atingiram o nível recorde de US$ 34.000 por ano em média, quase o dobro da média de 2007, de US$ 18.500.

“O declínio da educação com financiamento público, a preços acessíveis, e a crescente predominância de instituições privadas significam que muitos estudantes correm o risco, agora, de serem financeiramente privados de uma educação de classe mundial”, diz o chefe de pesquisa da QS Ben Sowter.

Caso queira saber mais dê uma olhada no ranking completo.

*Um texto da PRNewswire adaptado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.