O legado de Dan Brown

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Dan Brown

O escritor norte-americano Dan Brown, autor de livros best-sellers como O Código da Vinci e Anjos e Demônios, está causando arrepios novamente aos críticos literários com o lançamento de seu novo livro, Inferno, que é o sexto de sua carreira como escritor. Mas mesmo com certos comentários, o livro não deixa de ser mais um grande sucesso para a lista de Brown, que já vendeu quase 5 milhões de exemplares de seus livros somente no Brasil, e no mundo todo, 150 milhões.

O livro inferno lidera a lista dos mais vendidos pela editora Publishnews e muito provavelmente ainda permanecerá assim por muito tempo. Apenas com a adaptação de O Código da Vinci e Anjos e Demônios para o cinema, ele faturou mais de 1 bilhão de dólares, nada mal para um escritor de tanto sucesso e prestígio.

Em uma de suas visitas para Florença, na Itália, diante de centenas de admiradores e fãs de seu trabalho, Dan Brown falou um pouco sobre Inferno. Ele disse que acha que de alguma forma, Dante inventou o inferno, querendo referir-se à Dante Alighieri, pois, especula-se que ele tenha-se inspirado no poeta medieval italiano para compor o livro.

“Nossas mentes criam conexões entre eventos disparatados e isto frequentemente leva a teorias conspiratórias”, afirmou, acrescentando “eu deixo o leitor decidir que caminho seguir”, completou Brown.

Todos ficaram impressionados e fascinados com o novo trabalho dele e já está se criando inclusive, pacotes de turismo na Itália com o nome dele, algo como “pacotes e tours Dan Brown”. Afinal de contas, como os livros de Brown usam como pano de fundo a Itália e suas maravilhosas cidades, os seus habitantes não poderiam sentir-se mais lisonjeados e felizes por cada vez mais descobrirem coisas, fatos, lugares históricos, que as histórias de Dan Brown trazem à tona, com Inferno não é diferente.

O livro já vendeu 9 milhões de cópias em 13 países, enquanto seu romance mais conhecido, ‘O Código Da Vinci’, vendeu um total de 81 milhões de cópias em todo o mundo.

5 Comentários


  1. È lamentavel que os livros no Brasil são muitos caros,a gente tem vontade de quer ler um livro bom,mais não da.

    Responder

    1. Pelo amor de Deus … O Livro custa R$ 30,00 e você fala de uma forma como se custasse um absurdo…rs Hoje só não lê um livro quem não quer Eron,desculpe mas seu comentário não tem fundamento.

      Responder

  2. Comecei lendo fortaleza digital (peguei emprestado da biblioteca pública que fica perto da minha casa) e não parei mais…hoje tenho todos os livros.

    Responder

  3. O cara fez por merecer a fama dele.
    Livros transbordando qualidade, e não caricaturas
    adolescentes idiotas.
    Muito bom mesmo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *