Áudio em inglês e legendas em português: você enganado

Tempo de leitura: 3 minutos

Brooke Davis legenda

Quem não entende inglês sabe perfeitamente a necessidade de sempre que for assistir algum filme/série em inglês colocar a legenda, ou mesmo colocar dublado, para ficar melhor de assistir, já que as legendas roubam 25% da nossa atenção.

Porém quem entende inglês vai saber perfeitamente do que estou falando, são dublagens péssimas, legendas que tentam se adaptar, mas acabam perdendo a essência do que foi dito, e coisas do tipo.

Para quem não entende inglês basicamente o que acontece é que na hora da tradução as pessoas que traduzem tentam adaptar a tradução, porque algumas coisas são impossíveis de serem traduzidas ao pé da letra, mas se o tradutor não for bom, é possível que a adaptação dele acabe tirando a essência do que foi dito.

Ainda não terminei meu curso de inglês, mas como assisto muitas séries e filmes com áudio em inglês e legenda em português, acabei-me acostumando um pouco com a fala deles, deixando apenas a dica de que se possível não assista dublado, pois a emoção do personagem é perdida. E devido ao meu pouco conhecimento, comecei a perceber o quão perdemos de conhecimento por não saber inglês e por não entender exatamente o que eles falam, e ficar somente na legenda.

Vou dar alguns exemplos concretos para que você entenda do que estou falando. Namorar, essa palavra não existe em inglês, mas nós fazemos adaptações. “Valentine” é o nome adaptado de um santo, portanto você pode dizer que alguém é sua “Valentine“, como pode chamar de Girlfriend ou Boyfriend. Porém se você quiser dizer que está namorando alguém, você não pode dizer “Eu estou Valentine“, você precisa dizer “Eu estou Dating“. Só que “dating” é traduzido muitas vezes como “sair”, mas dating é muitas coisas, dating é todos os aspectos relacionados ao namoro. No primeiro encontro você usa que vai dating, quando tiver ficando você usa dating, e quando tiver namorando sério você ainda usa dating. Portanto da próxima vez que ouvir dating saiba que tem muitos benefícios por trás.

Outras coisas que são traduzidas sem sentido são os palavrões. Parece que o pessoal que traduz quer deixar a legenda/dublagem politicamente correta, e acaba por traduzir son of a bitch, ou motherfucker, como apenas filho da mãe. Ou pior, traduzem shit como droga.

Em algumas outras traduções percebi coisas absurdas, como tradução errada da noção de tempo, como em inglês ele dizer que vai fazer isso daqui a “milhares de anos” e a tradução dizer que é daqui “a alguns meses”. Ou ainda outras traduções que alteram um pouco o sentido do que foi dito, e que pode não fazer tanta diferença, mas é importante para ajudar na compreensão da história.

Por último gostaria de dizer que é óbvio que reconheço a importância das traduções, não só no mundo audiovisual, mas também no mundo literário e onde mais for possível, mas peço apenas aos tradutores que tentem ser o mais fiel possível a obra, e adaptem o que for apenas extremamente necessário. Claro que nem sempre será possível, pois algumas palavras em inglês não existem em português, e vice-versa, como é o caso de dating e saudade (em inglês se usa miss, mas significa sentir falta).

Além disso, se puder dar uma dica a você, digo que tente aprender inglês, e o dinheiro não é mais desculpa, pois o governo oferece muitos cursos de inglês gratuitos, que infelizmente não superam muitos particulares, mas já é uma boa maneira de começar. E depois leia nossas dicas para melhorar uma nova língua.

26 Comentários


  1. Amigo, se você soubesse alguma coisa sobre legendagem não teria escrito esse texto. Muitas vezes quando no áudio original é dito um palavrão as empresas que solicitaram essa tradução informa claramente para traduzir os palavrões para palavras não tão fortes. Son of a bitch = maldito, etc. E também a tradução é uma adaptação para o português brasileiro, por exemplo uma comédia se utiliza piadas ao estilo brasileiro para ter graça, o sentido de humor de país para país. Se você assistiu Chaves vai ver que MUITA coisa foi adaptada, isso acontece também com os programas legendados. E não tenha como base um curso de inglês, você só aprende um idioma diferente do seu idioma nativo estando em outro país.

    Responder

    1. Marcos,
      É justamente isso que critico, as empresas mandarem traduzir o palavrão de forma branda, só que ele já foi dito, então me pergunto para que esconder. Entendo a adaptação de país, mas em alguns momentos ela é desnecessária. E não aprendemos outra língua apenas estando em outro país, o que acontece é que aperfeiçoamos um idioma diferente falando com nativos desse idioma. Se fosse assim eu nunca teria assistido um filme com áudio em inglês totalmente sem legenda.

      Responder

      1. Voce tem que entender que algumas palavras que não sao consideradas ofensivas por lá, podem ser aqui! E existe um orgão que regulamenta o que pode ser dito de acordo com a classificação etaria de cada filme, e este orgão não é o mesmo que lá. Entao nao adianta eles traduzirem fielmente um palavrao se tiver que aumentar a classificação da obra aqui. Entende a razão?

        Por outro lado voce tem ração em alguns pontos, sendo que nas traduções livre acontece isso mesmo, é questao de interpretação. Na TV acabo por exemplo se voce assistir em ingles a legenda vai ficar de um jeito e a dublagem de outro. Mas aí entram 2 fatores, o primeiro da dublagem, o dublador nao pode falar uma frase com dez palavras e a boca mexer 5 vezes, eles precisam adequar a tradução ao movimento dos labios do ator pra dar mais credibilidade. O segundo fator sao as legendas, como vc disse, ela é responsavel por tirar grande parte da atenção pra si, por tanto eles procuram abreviar o máximo possível, pra que vc tenha quer ler menos e possa prestar mais atenção a película.

        Então, voce ta começando agora o estudo da lingua, ainda tem muita coisa pra aprender, procure olhar todas as possíbidades antes de escrever uma crítica sem conhecer o trabalho dos dubladores e tradutores, que com certeza estudaram muito mais que voce e dominam o idioma o suficiente pra saber o que estao fazendo.

        Responder

        1. Anderosn Ramos,
          Primeiro meu inglês não é tão básico como digo, digo isso apenas porque existem milhares de pessoas que falam inglês bem melhor que eu. Segundo em nenhum momento crítico o trabalho dos dubladores, apenas constato algumas coisas que acontecem no mundo da dublagem, para que outras pessoas continuem a assistir filmes legendados ou dublados, mas percebam que eles não são 100% fiel ao que é dito.

          Responder

          1. colocar no título Voce enganado pra mim é uma critica, é dizer que o trabalho não esta sendo feito como deveria.

            Fiel nunca vai ser mesmo, não tem como, e acho que as pessoas sabem disso. Mas no mais é isso aí mesmo, a vida é um eterno aprendizado, estou muito focado no estudo do ingles, justamente pra entender todos estes nuançes, e depois que a gente aprende fica muito mais gostoso assistir um filme no seu idioma original.


          2. Anderosn Ramos,
            Existem milhões de brasileiros que não tem a menor ideia do inglês. E são enganados mesmo, mesmo que seja por uma boa razão.


  2. Isso não acontece só na dublagem,uma coisa que me deixa irritado é quando fazem alguma piada,ou apenas citam qualquer Talk Show,e na legenda colocam Jô Soares,Ana Maria Braga e assim por diante.Fazem de tudo para deixar familiarizado só que não percebem que acabam estragando ainda mais.

    Responder

  3. Sempre tive preferência por assistir filmes e séries legendados, no começo é muito confuso mas depois acaba se adaptando, já fiz teste e senti a diferença entre dublado e legendado, parece até que muda a atuação em alguns casos, meu inglês é bem básico mas já notei sim casos de tradução diferente, principalmente nos palavrões, não gosto de assistir nada dublado parece que perde a essência.

    Responder

  4. Uma dica amigo, assista com legendas em inglês, você dará um salto descomunal na língua. Foi o que eu fiz quando comecei a aprender.

    Responder

  5. A melhor maneira é assistir legendado. E como a maioria das legendas de hoje em dia são feitas por grupos que se unem para tradução e sincronia (no caso das séries), acaba não perdendo tanto assim.
    E basta saber um pouco de inglês que você mesmo irá perceber quando mudam algo.

    Responder

  6. Também não gosto disso. No seriado True Blood, que passa no SBT aos domingos, a dublagem e tradução são legais. Rola filho da puta, merda, sua puta e o escambau… perfeito.

    Responder

  7. Exatamente como alguém já disse aqui. Não precisa falar inglês fluente, quem tem alguma noção e está acostumado a ver filme ou séries legendadas, percebe facilmente quando mudam algo.Um exemplo é Hail mary, que sempre traduzem como: deus nos acuda, tudo ou nada, hora do desespero. É engraçado, porque com isso você tem uma ideia do que se trata a situação, mas acaba não entendo a origem da expressão e porque ela foi usada ali.

    Responder

  8. hahahaha… sei como se sente… meu inglês é pessimo, mas sou boa em japones… caraca… como perde sentido, como traduzem errado, como deixam "certinho"… e perde a graça da coisa.

    Responder

  9. ok, por mim tudo bem, só nao diz que nao foi uma crítica quando vc disse isso com todas as letras

    //quote
    “…..Marcos,
    É justamente isso que critico….”//quote

    mania que brasileiro tem de não reconhecer o que faz.

    Responder

  10. Concordo com o Luciano quando diz que algumas legendas foram traduzidas erradas. Mesmo sendo nível bem básico já peguei alguns erros grotescos como nesse exemplo que irei deixar aqui apenas para alicerçar nossa opinião sobre legendas erradas. É um episódio de Friends, deem uma olhada e tirem suas próprias conclusões:

    Monica: Okay, everybody, this is Rachel, another Lincoln High survivor.
    Monica: Pessoal esta é Rachel. Estudou comigo no colegial. — legenda em português.

    Só que na fala dela ela não disse em nenhum momento que a Rachel estudou com ela no colegial, mas sim que a Rachel é outra sobrevivente do High Lincoln, e dessa forma você entende a piada, porque quer dizer que as duas sobreviveram ao colégio porque sofreram muito bullying lá ou porque os professores eram linha dura ou por algum outro motivo. Dai as risadas que você não entende e se pergunta: porque tão rindo, só porque ela disse que estudaram juntas? E não vê graça nisso, mas quando descobre que ela disse que a Rachel é outra sobrevivente do colégio, ai você vê que é engraçado isso e também consegue rir da piada. Bom, é só um ponto de vista, na dublagem eu sei que não da pra ser fiel a tradução, pois como outra pessoa já disse, a palavra precisa se encaixar ao movimento da boca, para ficar natural, mas nas legendas em português podiam ser mais fieis ao texto.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.