Cientistas desenvolvem avião movido a mostarda

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Falcon 20

A mostarda está presente na nossa vida, seja quando vamos comer um cachorro quente, uma pizza, uma batata frita ou outros quitutes. É fato também que muita gente não é fã da mostarda, eu me incluo nesse time.

Mas para essas pessoas como eu, teremos um modo de nos orgulhar pela mostarda. Pois cientistas do Canadá estão estudando uma nova utilidade para o grão, que é utilizar como combustível de aviões.

Os testes já começaram, e com sucesso, pois no início desse mês um Falcon 20 (modelo de jatinho com capacidade para até seis pessoas – o da foto) decolou do Aeroporto Internacional de Ottawa, na capital do país, e sobrevoou a cidade por cerca de uma hora e meia, utilizando apenas o biocombustível obtido através do grão de mostarda.

O piloto francês, Paul Kissmann, informou que o voo foi normal, e não teve nenhuma diferença no desempenho em comparação com os jatinhos que funcionam utilizando querosene.

E antes que você comece a falar que essa mostarda poderia estar sendo enviada para as crianças da África, ao invés de ficar enchendo tanque de avião. Saiba que os grãos de mostarda usados são cultivados por agricultores do oeste do Canadá que possuem terras que por diversas razões, como contaminação, não estão apropriadas para a produção de alimentos.

Fonte: Super Interessante

7 Comentários


  1. Tratar as crianças da África a base de mostarda é pra derrubar.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.