Tráfico de animais no Brasil

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Tráfico de animais

O tráfico de animais consiste no ato de retirar animais de seus habitats naturais e comercializá-los. Os principais destinos das espécies são os laboratórios e colecionadores.

Esse tipo de tráfico é responsável pela quarta atividade clandestina que mais movimenta dinheiro, ficando atrás apenas do tráfico de pessoas, drogas e armas.

Cerca de 100 espécies desaparecem todos os dias da face do planeta, e o tráfico de animais é uma das principais causas dessa tragédia. O Brasil já perdeu cerca de 94% da sua cobertura original de Mata Atlântica.

A biodiversidade brasileira é enorme, apresentando uma grande variedade em sua fauna, fato bastante atrativo para laboratórios de pesquisa e colecionadores de animais.

Os colecionadores encomendam animais que são capturados e vendidos, os valores variam. Os critérios de preço utilizados dependem da quantidade de exemplares da espécie, ou seja, quanto mais raro o animal maior o seu preço.

No Brasil anualmente cerca de 38 milhões de animais são retirados de seus habitats, sendo aproximadamente 12 milhões de espécies diferentes. Em cada 10 animais traficados, 9 morrem no momento da captura ou do transporte.

Os animais são capturados principalmente das regiões norte, nordeste e centro-oeste, sendo a Bahia o principal centro de captura e distribuição.

Os principais centros consumidores são os estados de São Paulo e Rio de Janeiro e 90% dos animais traficados são comercializados dentro do Brasil.

Após serem aprisionados os animais são submetidos a práticas agressivas durante o seu transporte para os centros consumidores.

Alguma coisa precisa ser feita imediatamente para conter o tráfico de animais brasileiros.

3 Comentários


  1. Conviver com animais faz parte da nossa cultura,e isso nao vai mudar.
    A primeira coisa que poderia ser feita e tornar mais facil e barato a instalaçao de criatorios de animais legalizados.
    Atualmente e muito caro e extremamente burocratico legalizar tal atividade,alem da insegurança juridica que estamos sujeitos.
    Uma ave legalizada no Brasil e absurdamente mais cara do que uma similar comprada em outros lugares do mundo,basta consultar na internet e voçe pode confirmar o que estou dizendo.
    Esta diferença de preços esta apenas na dificuldade burocratica ,causado uma escasses do produto .Qualque um sabe que escasses do produto faz o preço subir e o contrabando aumentar.
    Cada animal comprado de um criador legalizado deve salvar pelo menos uns 100 da morte certa quando retirado da natureza diretamente.
    Nao consigo entender porque o IBAMA e tao radical.


    1. Realmente. Corrigi esse detalhe no post.

Comentários encerrados.