Amy Winehouse está morta

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Amy Winehouse

A “Sky News” noticiou na tarde deste sábado (23) que a cantora Amy Winehouse foi encontrada morta por volta das 16h (horário local), em sua casa em Camden, na Inglaterra. Ainda não se sabe o que causou a morte, mas há suspeitas de que ela tenha sofrido uma overdose de drogas.

Amy Jade Winehouse (Londres, 14 de setembro de 1983 — Londres, 23 de julho de 2011) cantava e compunha soul, jazz e R&B. Seu primeiro álbum, Frank, lançado em 2003 pela Island Records, foi muito bem recebido, comercialmente e criticamente, e o segundo, de 2006, Back to Black, deu a ela seis indicações ao Grammy Awards, das quais venceu cinco.

Amy ficou também muito conhecida por causa dos seus escândalos públicos e pelo uso de drogas. Em 2008 os problemas com drogas e álcool de Amy foram noticiados pela primeira vez. Em junho de 2008 o pai de Amy revelou aos jornalistas que ela estava com uma possível arritmia cardíaca por conta do uso abusivo de cocaína e cigarro.

A morte de Amy fez com que ela ocupasse o primeiro lugar na lista de mais vendidos da iTunes no Reino Unido com o disco “Back to black”, de 2006, 24 horas depois de seu corpo ter sido encontrado, em Londres.

Os tablóides ingleses afirmaram que ela havia comprado grandes quantidades de drogas, incluindo cocaína e ecstasy, às vésperas de sua morte. Ao “Daily Mail” a mãe de Amy, Janis, disse que a morte da filha era “apenas uma questão de tempo” quando a encontrou, um dia antes dela morrer.

“A polícia foi chamada pelo serviço de emergência de Londres para o endereço na Camden Square pouco depois das 16h05 de hoje [horário local], sábado, 23 de julho, seguindo relatos de que uma mulher foi achada desacordada”, em nota dada pela polícia de Londres.

O seu problema era tão grave que um dos seus principais hits, “Rehab”, do álbum “Back to black”, falava sobre suas constantes idas às clínicas de reabilitação. Nos últimos shows de Amy ela vinha passando por diversos problemas, em alguns shows ela esquecia as músicas por estar bêbada.

“Uma parte de mim morreu hoje. Nos conectamos por caminhos que vou valorizar para sempre. Você sabe o quanto eu te amo. #RIP #AmyWinehouse”, desabafou o backing vocal da cantora, Zalon (no Twitter, @Zalon).

Amy Winehouse foi considerada por muitas críticos musicais como tendo uma voz incrível, mas deixou que as drogas e bebidas alcoólicas destruíssem sua vida. Ela vai embora na mesma idade que muitos outros artistas (27 anos), como Janis Joplin, Kurt Cobain, Jim Morrison e Jimi Hendrix.

A necropsia no corpo de Amy deverá ser realizada na manhã desta segunda-feira (25). O funeral deve ser realizado na terça, assim que a perícia for concluída.

Com informações da Wikipédia e do G1.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.