Não faça filme pornô se você trabalha em um colégio!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Uma funcionária de um colégio no Canadá foi suspensa por causa de suas atividades extracurriculares.

Professora que fez filme pornô

A funcionária Samantha tinha uma vida dupla. Ela é atriz pornô, e nesse ramo é conhecida como “Samantha Ardente”. A vida dupla da atriz veio átona depois que um estudante muito safadinho pediu um autografo da estrela. Ela pediu para o menino manter segredo, mas o “linguarudo” não resistiu e contou tudo para os colegas que acabaram informando a escola. A direção resolveu suspender a funcionaria já que ela teria se tornado uma celebridade entre os alunos.

Filme protagonizada pela professora
Samantha Ardente (à esquerda) em uma de suas performances.

O colégio fez certo ao suspender a funcionária de suas atividades, pois se ela continuasse no colégio o problema seria ainda maior. Já o menino não deveria contar nada a ninguém, já que ele também estava errado ao assistir filmes para maiores, “Já eu em posse dessa informação usaria a meu favor [Risos] há não ponha palavras em minha boca eu só disse que usaria em meu favor nada mais”. […]

E você o que acha? O colégio está certo? A funcionária está errada? E o aluno deveria fazer o que? Deixe sua opinião nos comentários.

Atualização: A funcionária foi demitida, felizmente ela pode continuar seguindo a sua carreira de atriz pornô.

Esse post foi escrito aqui por Yure Santana um dos nossos novos autores, que mantém o blog Blog Indignado

Fonte: G1, Canoe

5 Comentários


  1. Vocês gostam de um pornôzinho viu! Dois posts já, falando sobre pornô.

    Responder

  2. Risos eu também usário isso a meu favor. Seria um segredo só meu e da professora..hehehe

    Mas vai que ela é muito moralista e não topa fazer favor para menores.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.